O que são fatores de risco?

 

O termo "risco" é usado para definir a chance de uma pessoa sadia, exposta a determinados fatores, ambientais ou hereditários, desenvolver uma doença. Os fatores associados ao aumento do risco de se desenvolver uma doença são chamados fatores de risco.

 

Sexo


Aproximadamente 50% das mulheres que desenvolvem câncer de mama não apresentam nenhum outro fator de risco além de idade e sexo. É muito importante que cada mulher tenha consciência da doença para que ela possa ser detectada precocemente. Se o câncer de mama for detectado enquanto ainda estiver restrito à região do seio, a probabilidade de cura é de 95%!

Porém, existem certos fatores que podem aumentar a probabilidade de incidência em algumas mulheres.

Embora haja casos entre o sexo masculino, ser mulher é o principal fator de risco.

 

Idade


Depois do fator sexo, a idade é o segundo maior fator de risco: mulheres mais velhas têm maior probabilidade de incidência de câncer de mama. O câncer de mama é menos freqüente em mulheres jovens. Em geral, diagnósticos mais precoces são feitos a partir dos 25 anos.

 

Fatores Genéticos e Familiares


Além do sexo e da idade, a existência de um histórico familiar de câncer de mama também é um fator de risco.

 

Fatores Hormonais


Há uma relação nítida entre câncer de mama e os hormônios sexuais. Em alguns tipos de câncer, o estrógeno, hormônio sexual feminino, promove o crescimento e a divisão acelerada das células cancerígenas. Em mulheres mais jovens, que não ainda entraram na menopausa, o estrógeno é produzido pelos ovários.

Em mulheres mais idosas, que já atingiram menopausa, o estrógeno é produzido em outros órgãos, como no fígado, nas células adiposas e músculos da mama e nas glândulas adrenais.

Existem muitas evidências que associam câncer de mama à menstruação e gravidez. O câncer de mama parece ser mais comum em mulheres que tiveram a primeira menstruação quando bem jovens – antes dos 13 anos – ou que entraram na menopausa depois dos 50, ou ambos os casos. Isso ocorre porque a mulher produz altos níveis de estrógeno durante o ciclo menstrual e o estrógeno estimula o crescimento das células cancerígenas. Quanto mais longa for a fase de produção de estrógeno, maior será a probabilidade de câncer de mama. O risco também aumenta quanto mais tarde ocorrer à primeira gravidez.

Os hormônios também podem protegê-la contra o câncer de mama. Mulheres que tem seu primeiro filho antes dos 30, e que depois amamentam esses filhos, têm risco menor do câncer de mama.

 

Alimentação


Uma alimentação balanceada também é importante. Há dados concretos que indicam que gordura animal pode aumentar o risco do câncer de mama. Excesso de peso também aumenta o risco de incidência. Pesquisas indicam que beber em excesso pode aumentar a probabilidade de ocorrência de câncer de mama. Mulheres que consumem muito álcool tem maior tendência a câncer de mama invasivo.

 

Fatores ambientais


Assim como em outros tipos de cânceres, certos fatores ambientais, como radioatividade, aumentam o risco de câncer de mama. Têm propensão maior para desenvolver a doença mulheres que foram expostas a altos níveis de radiação. É o caso de mulheres que durante a infância foram submetidas à radioterapia para curarem outros tipos de câncer. Morar nas proximidades de zonas industriais e em regiões altamente poluídas, ou estar exposta a certos metais ou gases são fatores que podem elevar o risco de incidência de diferentes tipos de câncer.

 

Fumo


O fumo pode causar vários tipos de câncer e mulheres que fumam em geral têm menos saúde. Se você fuma, deve parar agora. A mulher não-fumante reage muito melhor ao tratamento.

 

 

Não Esqueça


Lembre-se que cerca de metade das mulheres diagnosticadas com câncer de mama não apresentam fatores de risco identificáveis além da idade e do sexo. Se o câncer de mama for detectado enquanto estiver restrito à região do seio, a probabilidade de cura é acima de 95%.

Please reload